Daily Archives: May 11, 2003

Fubeca is Back



Acabei de ler no diarinho online que a fubeca, jogo com bolinhas de gude, está voltando a ser jogado por meninos e meninas.

Acho isso o máximo, brincar. De pipa, pião, bolinha de gude, amarelinha, carrinho de rolimã, coisas nada cibertnéticas, muito físicas e mecânicas, mas que desenvolvem outras habilidades. Sabe, a gente não é só cabeça, só mente, só pensamento.

A gente é…gente!

Aqui a matéria sobre fubeca

oba!

deu tempo!

Maquiagem Virtual

É muito divertido. Entre no site da Avon, escolhe a versão Web Site, e na home page , clique de beleza e…consultoria virtual.

Vai abrir uma janela em pop up com cinco modelos. escolha a que mais se parece com você.

pronto, agora é só clicar nos produtos e fazer a maquiagem virtual na moça.

update- aqui em um site (mas é meio mala, tem que segurar com o mouse e arrastar a imagem toda pra chegar onde você quer) em que voce pega uma celebridade, escolhe a cor e tamanho de cabelo, depois, clica para botar perucas nela. bem meia boca, porque quando voce escolhe uma das quatro perucas, a peruca não está no tamanho adequado pra foto… bem ruim.

Zeligada ….



Este é um fotograma do filme Zelig de Woody Allen.

O filme foi talvez, o primeiro pseudo-documentário de humor. Woody Allen aparecia em cenas da história muito antes de alguém ter a idéia de photoshopar o Tourist Guy nos grandes acontecimentos da história.

Agora, vejo a mesma idéia no fantático, no quadro da sensacional denise fraga.

Mas a idéia, é a mesma.

Ou não?

Apareceu a caixinha do microfone

da Glória Maria. Não tem jeito. Ainda não inventaram uma caixinha que não aparecesse quando a repórter vira de lado ou uma bunda onde a caixinha possa desaparecer….

é que eu fugi do trabalho pra botar no fantástico.

volta pro pelourinho Hermann!

que vontade de fazer tricô.

Não vejo a hora de terminar de escrever e catar as agulhas de tricô.

Volta e meio, saio do word e entro aqui no form do blog, já que o wbloggar está meio doido e não quer trabalhar no dia das mães.

Fico naquelas, um zap na tv, um clic no mouse, um beijo, um browse…

Leio os comments, penso em responder, começo, deleto.

é normal.

é bode de domingo à noite.

ai

o vj disse…de vento em polpa…

de que fruta?

ela é linda

A daniela cicarelli é demais. estou vendo a moça na mtv.

quarta feira ela vai na produtora gravar o tudo avon.

já viu. nesse dia , todo mundo quer ir…

no momento ela está entrevistando umas pessoas cabeça do mundo dance-vj-performático.

o cara disse que o fulano era um…percussor, assim, desse jeito. vai ver ele era precursor da percussão.

depois ele falou de uma mulher que fez a seguinte perfomance: enquanto alguém tocava um video ela ficava costurando o próprio pé.

assim, uma coisa básica, bordando o próprio pé.

agora, com licença, eu vou fazer um bico de crochê no meu tornozelo e já volto

Márcio!

Acabei de ouvir Hebe falando de seu cabeleireiro e maquiador,o Márcio, do SBT. Ele foi meu maquiador e cabeleireiro também. Márcio é da equipe do Plínio. E também o Marcelo, que fazia minha maquiagem na Rede Mulher.

E o Jason Pizzani, que há anos me reinventou, cortando meu cabelo e fazendo sua manutenção, para ele virar o que é.

(a tv está ligada na redetv! e eu estou vendo a Hebe e a Rosinha Goldfarb, em Punta, no Amaury Jr. )

Agora, deixa eu dar um palpite…Hebe vai relançar o cor de rosa, para o inverno.

Eu tenho certeza que os tons de rosa vão chama a atenção de muita gente por causa disso.

A Hebe tá com um óculos igual ao meu. (o meu é azul) ou será o meu que é igual ao dela?

Fernanda Young. Pegue o seu banquinho…

Gerson me mandou um link, de hoje, um texto de Sergio D’Avila, sobre Fernanda Young, do TV Folha, chamado “O perigo da menina que fala besteiras “. Não sei se só abre para assinantes, mas está na revista da folha de hoje.

Ele cita os blogs do Kibe Louco e da Cora.

Tem que ler.

É um texto primoroso.

E de uma certa forma, divulgo-o aqui, porque tudo o que está escrito lá, faz eco dentro de mim.

Aqui, o texto de Joaquim Ferreira

O post da Cora

O post do Kibe Loco

. e um texto do crítico literário Carlos Graieb sobre um de seus livros

.mas tem gente que gosta, leia release oficial da editora

Valeu, Gerson.

Faustão puto da vida!!!

minha nossa senhora…hoje tem demissão na globo!

o faustão tá puuuuuuuuuuuuuto porque alguém apertou o botão errado e botou M…no ar.

ele fez o pior merchandising do mundo, com uma puta má vontade,

leu até as indicações (rubrica) do roteiro!!1

cacilda!!!

hoje é não é dia das mães no domingão…é dia dos filhos…da mãe!

Em manutenção

Antigamente, antes da web, a gente dizia que alguma coisa estava quebrada, fora de serviço, inoperante.

Agora, quando algo não funciona é porque está ’em manutenção’.

É uma espécie de atenuante para o fato dos provedores não estarem provendo o que deveriam.

Agora, por exemplo, o sistema que mede o número de pessoas online, está ’em manutenção’.

Bom, são 18:16 e eu, estou online.

Pregação

Está cada vez mais difícil ouvir rádio só para lazer. Antes, as rádios religiosas que ofereciam as mais diversas pregações eram exceção. Agora, são regra.(tá certo isso? É gente pregando o dia todo, usando as mais variadas técnicas, das lágrimas aos berros, da clemência às queixas. A programação normal é mínima. Mesmo assim, entre as rádios que tocam música, há pouca coisa pra ouvir. Cheguei a escutar coisas do arco da velha como “rush, rush” e “radio gaga”.

É curioso, porque quando você ouve rádio direto no ouvido, com fone, o que é ruim fica muito pior. As letras das músicas parecem muito tolas. Ouvi um rock de uma moça chamada Pitty, cantando ‘máscara’ e, apesar da boa intenção da mensagem de que você deve ser você mesmo, o refrão cantando ‘bizarro, bizarro, biarro’, definitivamente mostrou que estou fora do target da emissora.

Em algum lugar do dial, ouvi a 89FM. Um quadro de humor tem por nome Filhos do Egydio, uma evidente alusão aos Sobrinhos do Athayde. Achei bem feitinho mas não cheguei a rir. Deve ser porque hoje é dia das mães, não é uma data engraçada.

O vento, estava cortante. Mas a alegria de correr com moleton e bermuda nova, presentes de dia das mães, justificou os mais de sete quilômetros corridos.

É a primeira vez que venço a barreira dos sete mil metros este ano. Não é grande coisa, mas… é um começo.

Cachorro da Moda

Em princípio é meio esquisito uma raça de cachorro estar na moda. Oficialmente, não existem coleções outono/inverno de cachorros ou gatos. Mas é fato que o cinema, asim como a televisão, despertam desejos dos consumidores para uma determinada raça canina.

Na Revista Folha de hoje (para assinantes do UOL) há uma reportagem chamada “O Cabeludo da Hora”, assinada por Roberto de Oliveira, falando sobre o Griffon de Bruxelas.

Sim, ele é o cachorro Verdell do delicioso “As good as it gets”(Melhor Impossível), com Jack Nicholson. E o mesmo cachorro (a raça ) aparece em Sweet November, com Keanu Reeves (passou ontem na Direct Tv, este filme).

O coordenador de animais Gary Gero e os treinadores Roger Schumacher e Ray Beal, que trabalharam em “Melhor Impossível”, procuraram em todos os Estados Unidos e Europa para conseguir o ator ideal para o papel de Verdell. Encontraram seis cachorros que poderiam ser treinados para cumprir o script.

A matéria da Revista diz que a raça é novidade no Brasil e que já virou ‘mascote de socialites e artistas’, citanto dois donos da espécie, Matheus Nachtergale e Ana Paola Diniz. Mas ainda são raros. Só há cinco canis que oferecem a raça e, segundo os donos ele é muito carente, precisa de atenção e carinho o tempo todo. Não serve pra quem trabalha fora o dia todo.A menos que você leve o cachorro junto pro trabalho…

Referências:

. Griffon de Bruxelas – leia mais no dogtimes

.Veja em vídeo, Jack Nicholson e Verdell contracenando, uma graça.

O vizinho de Jack, beijando Verdell

Shopping-Mãe

Algumas lojas não abriram hoje no Shopping perto de casa. E as lojas que abriram, estava razoavelmente vazias.Acho que a idéia geral era levar o presente para o almoço com a mãe. Mãe combina muito mais com almoço do que com jantar.

Talvez porque a noite seja sempre escura e mãe é aquela que nos dá… a luz.

Todo mundo que vê gosta dos seriados da Sony. São mesmo ótimos, mas têm um problema: depois de um tempo, cansam. Não sei se é o esforço de ter que prestar atenção, se são as risadas gravadas, ou se é a obrigação contínua de todos os personagens serem engraçados. Mas depois de um tempo, a gente cansa de assistir.

Talvez seja assim mesmo.

Talvez seja o vinho do almoço que lentificou o cérebro…

Jamais saberei.

Hic.

feliz dia das mães!

Hoje, mãe só trabalha mais tarde. Comida, é do restaurante.

Pilotagem de fogão suspensa!

boa noite.

e feliz dia das mães.

vou pensar, em talvez, criar um código para o texto. talvez, colocar os caracteres em vermelho quando for uma piada. laranja quando for ironia. verde quando for um trocadilho. azul para, digamos, uma analogia

cada uma….